Esporte

[LISTA] 15 atletas sul-coreanos que são promessas de medalhas nas Olimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 são os primeiros a serem adiados desde 1896 ( início dos Jogos modernos), em virtude da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Sem a presença do público na maioria dos locais de prova, e com protocolos rigorosos de segurança estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) começam oficialmente com a cerimônia de abertura que será realizada às 8h (de Brasília) desta sexta-feira (23), no Estádio Olímpico de Tóquio. As competições estão previstas para acontecer até o dia 8 de agosto. 

A Delegação coreana enviou 232 atletas para disputar 29 modalidades. Nas Olimpíadas Rio 2016, a Coreia do Sul conseguiu 21 medalhas no total, sendo 9 de ouro, 3 de prata e 9 de bronze, além disso ocupou o 8º lugar no ranking geral, pela quinta vez consecutiva desde os Jogos Olímpicos de Atenas em 2004. Para Tóquio 2020, a meta é ganhar 7 medalhas de ouro e ficar entre os 10 primeiros no ranking geral de medalhas. Confira na lista a seguir os atletas, estreantes e super experientes, favoritos a subir no pódio.


Kim Woo Jin – Tiro com Arco

Fonte: Instagram (reprodução)

Kim Woo Jin, o arqueiro prodígio, foi medalhista de ouro no Jogos do Rio 2016 e busca não só uma, mas três medalhas de ouro em Tóquio 2020. Ele busca repetir o feito com a equipe masculina, a equipe mista, além de uma medalha individual.


Kim Yeon Koung – Vôlei

Fonte: Instagram da KOVO (reprodução)

Também conhecida pelos apelidos de Bread Unnie e Imperatriz do vôlei, Kim Yeon Koung é sempre uma atleta para prestar atenção. Ela já foi eleita a Jogadora Mais Valiosa [MVP] e a melhor pontuadora nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, além de ser dona do recorde Olímpico de maior pontuação em oito jogos, com 207 pontos. A seleção coreana terminou os Jogos Rio 2016 em quinto lugar, e em Tóquio a capitã da equipe, que já disputou duas Olimpíadas, tem o objetivo de ganhar a medalha de ouro. Ela foi escolhida para ser a porta-bandeira na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, junto com o nadador Hwang Seon Woo.


Lee Dae Hoon Taekwondo

Fonte: Reprodução

Aos 29 anos, o experiente Lee Dae Hoon foi prata nos Jogos de Londres 2012 e bronze nos Jogos Rio 2016. Agora, ele vai em busca do ouro em Tóquio 2020 na categoria 68kg masculino. Essa olimpíada é especial para ele porque pode ser a última de sua carreira.


Sim Jae Young – Taekwondo

Fonte: Instagram (reprodução)

Conhecida como “Lutadora de gelo” por causa de sua expressão facial imutável durante a competição, Sim Jae Young chega em Tóquio com o objetivo de manter o bom rendimento da equipe coreana feminina de Taekwondo, que levou duas medalhas de ouro nos Jogos Rio 2016. Ela recebeu o prêmio de melhor atleta no MBN Women’s Sports Awards 2019 na Coreia e é uma lutadora muito forte. Seu estilo é atacar sempre.


Park Sang Young – Esgrima

Fonte: Instagram (reprodução)

O esgrimista Park Sang Young foi ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016, na modalidade Espada. E não foi uma vitória fácil: ele derrotou o húngaro Geza Imre por 15 a 14 ao virar o placar faltando menos de três minutos para o fim da partida. Esse resultado rendeu-lhe o apelido de “ícone da positividade” e ele tornou-se o primeiro esgrimista coreano a conquistar a medalha de ouro em espada individual.



Kim Jung Hwan – Esgrima

Fonte: Getty Images (reprodução)

O esgrimista Kim Jung Hwan foi bronze na modalidade sabre individual nos Jogos Olímpicos Rio 2016 e tornou-se o primeiro esgrimista coreano masculino a ganhar uma medalha olímpica no sabre individual e o primeiro esgrimista coreano a ganhar mais de uma medalha olímpica em qualquer modalidade ou evento de esgrima. Ele também ganhou o ouro em sabre de equipe nos Jogos de 2012 em Londres. Kim se aposentou em 2018, mas o amor pelo esporte falou mais alto e ele voltou com tudo.


Jin Jong Oh – Tiro Esportivo

Fonte: Instagram (reprodução)

Aos 41 anos, Jin Jong Oh já disputou quatro Olimpíadas e conquistou medalhas em todas, sendo três de ouro e uma de prata. Não é por acaso que seu é apelido “God of Shooting” (deus do tiro). É super favorito a mais uma medalha e – além de disputar na modalidade de 50m – ele também competirá na de 10m, onde também já conquistou uma medalha de ouro e uma de prata. Quando está competindo, Jin tem um ritual: sempre põe a mão esquerda no bolso da calça quando atira. Isso o ajuda a fixar sua posição de tiro e se sentir estável. 


Park In Bee – Golfe

Fonte: Reuters (reprodução)

Ao conquistar o ouro nos Jogos Rio 2016, Park In Bee tornou-se a primeira golfista coreana a ganhar uma medalha nos Jogos Olímpicos. Ela sofreu uma lesão no mesmo ano e considera esse como o maior desafio em 10 anos de carreira. Em Tóquio 2020, ela busca repetir o feito e se tornar a primeira atleta a conseguir duas medalhas olímpicas de ouro no Golfe feminino (o esporte só retornou ao programa olímpico em 2016).


Shin Seung Chan – Badminton

Fonte: Reprodução

Medalha de bronze nos Jogos Rio 2016, Shin Seung Chan tem o objetivo de subir no pódio mais uma vez. Em 2019, a atleta sofreu ferimentos no cotovelo e tornozelo, mas está totalmente recuperada e pronta para disputar uma medalha ao lado de sua parceira Lee So Hee.


Lee So Hee – Badminton

Fonte: Reprodução

Eleita Jogadora do Ano em 2012 e 2017 pela Associação de Badminton coreana, Lee So Hee foi até às quartas de final das Olimpíadas de 2016 e vem preparada para conquistar o ouro com sua parceira Shin Seung Chan.



Gwak Don Ghan – Judô

Fonte: W Korea (reprodução)

Gwak Don Ghan levou a medalha de bronze na categoria 90 kg nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, mas esse ano quer levar o ouro. Para tal, ele treinou muito, com treinamentos de de técnicas que duravam até duas horas por dia seguidas por três a quatro horas de musculação. 


An Baul – Judô

Fonte: Instagram (reprodução)

O judoca An Baul foi medalha de prata na categoria até 66kg. Após uma suspensão de seis meses, ele voltou à competição no Campeonato Mundial de 2019 em Tóquio, no Japão. Agora, super medalhista espera subir ao lugar mais alto do pódio.


Yang Hak Seon – Ginástica artística

Fonte: Emmanuel Dunand (AFP via Getty Images)

Na Olimpíadas de Londres 2012, Yang Hak Seon tornou-se o primeiro atleta coreano a ganhar uma medalha de ouro na ginástica artística no salto sobre a mesa. Seu objetivo, claro, é repetir o feito em Tóquio. Uma curiosidade é que em 2020, o governo regional de Gwangju Seo-gu renovou a casa abandonada onde ele nasceu e foi criado em Balsan Village e abrir o “Yang Hak Seon Memorial Exhibition Hall”.


Hwang Seon-Woo (Sooyoung) – Natação

Fonte: Yonhap News (reprodução)

Aos 18 anos, Hwang Seon-Woo é o 5º colocado no ranking mundial de estilo livre 200m. Ele chega à sua primeira Olimpíada super cotado para ganhar uma medalha nos 200m e chegar à final dos 100m. Em fevereiro de 2021, ele recebeu o Prêmio de Melhor Atleta no Esporte Coreano e nos Prêmios de Esportes do Comitê Olímpico na República da Coreia. Nas Olimpíadas, ele e a jogadora de vôlei Kim Yeon-Koung serão os porta-bandeiras do país na cerimônia de abertura dos Jogos


Kim Seo Yeong – Natação

Fonte: Instagram (reprodução)

Antes mesmo das Olimpíadas, Kim Seo Yeong já é multipremiada. Em 2019, ela recebeu o prêmio de Atleta Feminina do Ano no Prêmio Desportivo Feminino e o Prêmio Presidente do Comitê Olímpico e Esportivo Coreano. A pequena sereia, como é conhecida, quer bater seu recorde pessoal e conquistar sua primeira medalha olímpica


Vale ressaltar que as competições com o maior número de atletas cotados a ganhar medalhas serão realizadas no sábado (24). Nesse dia acontece as competições de Tiro com arco (equipe mistas), Tiro livre (10m masculino), Taekwondo (masculino e feminino) e Esgrima (modalidade sabre). Este dia está sendo chamado de “Golden Day” da delegação coreana.

E você? Já conhecia esses atletas? Conta pra gente!

Fontes: (1),(2),(3),(4),(5),(6),(7),(8)
Imagens: Instagram, Getty Images, Reuters, W Korea, AFP, Yonhap.
Não retirar sem os devidos créditos.

Beulla Silva

Mineira, jornalista, Libriana no mundo da Lua que é viciada em GOT7, Monsta X, gatos, K-Drama, café e culinária coreana!!

Você também pode gostar...