Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Cultura

Entenda a cultura do álcool na Coreia do Sul

Quando pensamos sobre bebida e coreanos já lembramos diversas regras ou jogos comuns que sempre acabam sendo mostrados através de episódios nos dramas, jogos como: tampa de garrafa, titânico – bem famoso nos dramas – e o Baskin Robbins 31, mostrado no reality show apresentado pelo grupo SEVENTEEN. Porém, através de brincadeiras, podemos facilmente notar que os coreanos bebem excessivamente e pode ser prejudicial a saúde. Portanto, hoje falaremos sobre o consumo de álcool da Coreia do sul, algumas consequências e regras para quando beber com um nativo.



Estimativas apontam que os sul-coreanos bebam em média 13,7 doses de álcool por semana, fazendo com que o país seja considerado o maior consomidos de bebidas alcoólicas no mundo. Para colocarmos em comparação, a Rússia ocupa o segundo lugar da lista com uma média de cerca de 6,3 doses por semana.

O Soju, bebida destilada de arroz muito conhecida por quem sabe sobre a cultura coreana, junto a cerveja são fundamentais para unir diversos tipos de pessoas durantes as noites de happy hours. É estimado que na Coreia do Sul vende-se mais de 9 milhões de garrafas de soju durante todas as noites, atingindo 97% do mercado do país. Existe em torno de 1,6 milhão de sul coreanos que são alcoolicamente ativos. Vamos agora compreender sobre o cenário de consumo de bebidas na Coreia.

Leia mais: Saiba como é feito o Soju, a bebida alcoólica tradicional sul-coreana


Os coreanos começam a beber durante o período da faculdade

Drinking solo (Let’s drink)

Há uma grande cultura sobre beber em muitas universidades na Coreia do Sul. É como um rito de passagem dos alunos, sempre há festas de entrada, festas de departamentos, eventos esportivos, eventos de clubes e muitas outras ocasiões que tornam as bebidas comuns nas vidas dos jovens estudantes universitários. Apesar de haverem críticas sobre o encorajamento ao consumo grande de álcool aos alunos durante os retiros de calouros, nada foi feito para uma mudança digna.

Muitos motivos podem levar estudantes nessa fase a beber. A depressão, o estresse causado pelos estudos e pela tentativa de obter melhores pontuações acabam resultando em alunos que se aliviam do estresse com a bebida. Além deste fato, há uma grande dificuldade em entrar nas melhores universidades. Os adolescentes passam os anos do ensino médio estudando arduamente para entrar nas faculdades de maiores prestígios, portanto, após a entrada sucedida, eles procuram recuperar a diversão cuja qual perderam em seus anos de estudo.


Bebidas ligadas a cultura coreano de trabalho 

Jealousy Incarnate

As longas jornadas de trabalho dos sul-coreanos também é bastante conhecida pelo mundo. Funcionários estão sob constante estresse e pressão em seu local de serviço para poder obter um bom desempenho. E, ao terminar o expediente, muitos vão aliviar a tensão comendo, festejando e bebendo.

A forma de quebrar o gelo para os coreanos é beber um pouco, pois eles são tímidos e o álcool é a sua forma de se abrir, acabando por ficarem mais falantes após algumas doses de soju, sendo uma ótima forma para as pessoas se conhecerem melhor.


Hoesik (reuniões de empresa)

As Hoesik são reuniões entre funcionários que ocorrem muita bebedeira e comidas. Há quem diga que tais eventos tenham um papel vital na cultura de bebidas no país. Eles não acontecem em apenas um local, normalmente há várias rodadas, que eventualmente acabam em um karaokê.

O ato de beber na Coreia é visto como uma forma de criação de laços em meio a negócios e com os colegas de trabalho, também é visto pelos funcionários como uma forma de expor os seus problemas na empresa. Esses encontros não são apenas para alívio de estresse, mas também ajudam na construção de uma conexão forte com a equipe. Portanto, não se deve negar a frequentar um evento como o Hoesik.


Fácil acessibilidade ao álcool

A idade legal para poder beber na Coreia é 19 anos. No entanto, verificações de identidade não são comuns em restaurantes. Se caso um menor de idade encontrar um restaurante que não verifica a sua identidade, o local será ideal para esses adolescentes e isso gerará negócios para o restaurante. Além de ser facilmente encontrado em qualquer lugar do país, o soju é barato, podendo custar em torno entre R$5 a R$30, se tornando um grande estouro no mercado com os 1,6 milhão de cidadãos alcoólatras que bebem de forma ativa.



Propagandas de bebidas alcoólicas por celebridades coreanas

Propaganda do MAMAMOO para o Daesun Soju

Não há restrições a publicidade de álcool do país. Portanto, todas as marcas de cervejas e soju dependem da propaganda com celebridades como forma de promover os seus produtos. Por exemplo, as estrelas conhecidas pelo ramo do k-pop – como IU, PSY, Mamamoo, Lee Hyori, BTS, Irene e Suzy – já fizeram propagandas de soju. É estimado que as empresas de álcool na Coreia investem mais de $300 milhões de dólares – em torno de 1 bilhão e meio de reais – em anúncios com as celebridades coreanas.

É raro não ter um anúncio de álcool que não tenha uma celebridade promovendo o produto. Sem contar que os dramas e filmes tendem a normalizar esse consumo excessivo de álcool e retratam como uma parte comum da vida coreana. Algumas pessoas até pensam que esse pode ter sido o estímulo ao aumento de menores de idade bebendo ilegalmente na Coreia nos últimos anos.


Regulamentações do álcool na Coreia

Descendants of the Sun

Não existem leis no país sobre a quantidade de álcool que você pode consumir e não é esperado que haja alguma. Isso ocorre devido ao poder e influência que as empresas de bebidas alcoólicas na Coreia têm sobre os políticos do país. Uma das consequências disso é a Coreia do Sul liderar o ranking de países com mais casos de doenças hepáticas do mundo.

O governo tentou diminuir o consumo de álcool, reduzindo o limite legal para o teor de álcool no sangue de 0,05% para 0,03%. O cidadão que for pego poderá ser preso, com pena máxima de 5 anos, ou ter que pagar uma multa de 20 milhões de wones – em torno de 88 mil reais. Apesar da tentativa, a medida não surtiu muito efeito graças a consciência da maioria da população que acaba optando por pegar um táxi após ter bebido exageradamente. Além dos táxis, na Coreia há um serviço de “motorista designado”, no qual um funcionário dirigindo o carro do cliente para levá-lo de volta para casa.

Muitas delegacias da Coreia estão constantemente ocupadas com casos que envolvam o consumo excessivo de álcool, pois a bebida influencia em incidentes de violência doméstica, brigas, rompimentos de relacionamento e perda geral de produtividade. Para efeito de dimensão, estima-se que quase a metade dos relatórios policiais são relacionados ao álcool.

Além disso, o custo de policiamento e tratamento médico de embriagados custa em média $25 bilhões de dólares – mais de R$ 135 bilhões – por ano ao governo coreano. Devido ao fato da maioria dos juízes e promotores serem tolerantes aos comportamentos devido a embriaguez, muitas acusações que envolvem pessoas bêbadas não são abertas formalmente. Assim, muitos casos como agressão sexual nem chegam a ser processados. Os incidentes envolvendo intoxicação normalmente exigem apenas um pernoite em uma delegacia e, na pior das hipóteses, uma multa pequena.


Regras para beber da forma certa na Coreia

Itaewon Class

Se você viajar para a Coreia do sul e for maior de idade com certeza vai querer conhecer as bebidas coreanas. E para mostrar que fez a lição de casa e não passar vergonha na frente de um coreano, que tal conhecer algumas regras? Normalmente algumas dessas regras se aplicam ao beber com idosos ou superiores, mas vale a pena anotar elas caso for se aventurar na noite coreana.

1# Penalidade por chegar atrasado

Caso chegue atrasando para alguma reunião social entre amigos ou happy hour do trabalho, você terá que beber para compensar. Normalmente se trata de 3 bebidas consecutivas, mas, se der sorte, pode ser apenas uma dose completa. E não se esqueça de ficar de olho no relógio da próxima vez!

2# Beba o primeiro shot

Outra regra comum na Coreia é beber tudo na sua primeira dose. Você pode ir com calma nos outros copos, porém essa primeira bebida tem que ser virada de uma vez para poder começar a festa imediatamente. O famoso “vira vira vira” de festas de faculdade.

3# Sem copos vazios!

Os copos na mesa jamais devem estar vazios. Se a pessoa não desejar beber mais naquela noite, deve deixar o copo meio vazio. Portanto, caso veja um copo vazio em sua mesa, deve servir outra bebida.

4# Não sirva a sua própria bebida

Evite servir o próprio copo se ele estiver vazio, pois alguém eventualmente fará isso para você. Se você acabar percebendo que o seu copo não foi notado por ninguém da mesa, tente achar um copo vazio e sirva, a pessoa irá perceber e irá te servir de volta.

5# Posição do copo com base na idade

Ao brindar com alguém, você deve ajustar o seu copo com base na diferença de idade. Se você for mais velho, o copo deve estar mais alto. Caso for o mais novo, o copo bater mais baixo. Porém, se não souber a idade da pessoa no qual está brindando, não precisará seguir essa regra.

6# Despeje o álcool com as suas mãos para os mais velhos

Se você for servir uma pessoa mais velha, se atente aos códigos de boas maneiras! Você tem duas opções: sirva a pessoa com as duas mãos ou pode utilizar apenas uma e a outra deve estar no cotovelo ou no peito como sinal de respeito. Como todos sabemos, os coreanos são bem respeitosos a quem é mais velho, portanto, jamais esqueça essa regra.

7# Segure o copo com as duas mãos quando for servido por alguém mais velho

Ao ser servido, aceite o álcool e o receba com as duas mãos. Porém, se a pessoa não for mais velha, pode aceitar da forma que desejar, ainda que essa regra seja aconselhável para qualquer ocasião. Segure dessa forma como a foto abaixo:

8# Vire-se ao beber na frente de mais velhos

Se for beber com alguém mais velho, vire-se e beba o copo. Não olhar para a pessoa mais velha enquanto toma a sua bebida é um sinal de respeito. Acredito que você já tenha visto isso em algum drama. Agora você entende do que se trata.

9# Há apenas duas razões para não beber

Se você está com os seus amigos em um lugar com bebidas e não quer ingerir álcool naquela noite, fique atento a essa regra. Os coreanos só aceitam dois motivos para você não os acompanhar no álcool: um deles é por motivos religiosos e o outro por motivos médicos, se você tiver qualquer outro motivo não será considerado. Portanto, se não quiser beber, diga que está tomando remédios.


Nação ressaca

Ao andar por Gangnam, Hongdae ou Itaewon é comum ver jovens e velhos andando completamente bêbados pelas ruas. Se passar por lá em um domingo de manhã, terá o desprazer de ver pessoas desmaiadas nas ruas e pombos comendo resto de vômitos. As ressacas na Coreia são tão conhecidas que até mesmo há um site chamado Black Out Korea que posta apenas fotos de coreanos bêbados e desmaiados.

Graças ao fato de serem conhecidos pelas melhores bebidas, eles também tem os melhores alimentos para ajudar na ressaca do dia seguinte. Há bebidas especificas que você toma antes, durante ou depois de beber – igual ao famoso Engov brasileiro – e uma vasta variedade de alimentos para comer após uma noite de bebedeira. Portanto, se planeja encher a cara na Coreia do Sul, há diversas soluções para evitar uma enorme ressaca no dia seguinte.

Esperamos que esse artigo tenha sido útil para você, meu amigo que quer viajar para Coreia e conhecer os seus famosos bairros que funcionam a noite. Porém lembre-se de beber com responsabilidade!

Cuidado para não ficarem tão bêbados como esses dois em uma cena inesquecível de Strong Woman Do Bong Soon

Fontes: (1), (2), (3)
Imagens: Reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

Anna Beatriz Mazzaro dos Santos

Futura publicitária, especialista no caratworld, ama muito o Seventeen e o Shinee, ultimamente se tornou Noona dos novos crush do Enhypen, old stan, dançarina nas horas vagas, especialista em saber o nome de todos os meninos do NCT, sonha em viajar pelo mundo, mas tem medo de avião :)

Dramas Coreanos com mais de uma temporada Empresas de KPOP investem em NFTs Girls Planet 999: Conheça o grupo Kep1er Programas Coreanos no Youtube Saúde Mental – 5 K-Dramas que abordam o assunto