Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Curiosidades

Por que alguns atletas e músicos clássicos são isentos do serviço militar?

O serviço militar sul coreano e sua obrigatoriedade de alistamento são temas que despertam os mais diversos sentimentos. O Artigo 39 da Constituição da República da Coreia define que todo cidadão deve trabalhar para manter a defesa nacional. A lei prevê que todos os homens a partir dos 18 anos (na idade coreana) devem se alistar e cumprir um período mínimo de 18 meses de atividades militares.

Os jovens não precisa dar início às atividades imediatamente, já que as mesmas podem ser prorrogadas até que o homem complete 28 anos. Porém, a lei abre brechas que garantem a isenção para alguns atletas e músicos clássicos. Saiba mais sobre esses casos específicos.

Leia mais: Conheça 9 curiosidades sobre o serviço militar coreano


Atletas

Créditos: Andrew Boyers (Reuters)

A isenção para atletas foi mencionada pela primeira vez em 1973 pelo então presidente Park Chung-hee, como um incentivo para os atletas que ganhassem medalhas nas Olimpíadas. O primeiro atleta a conseguir a isenção foi o lutador Yang Jung-mo, que ganhou uma medalha de ouro nos jogos de 1976. Em 1980, o presidente Chun Doo-hwan ampliou a lei para incluir todos os atletas que conseguissem medalhas nos Jogos Asiáticos de 1986 ou nas Olimpíadas de 1988. 

Em 2002, com a Copa do Mundo sendo parcialmente sediada na Coreia do Sul, também foi prometida a isenção ao time de futebol nacional caso eles conseguissem um lugar entre os 16 finalistas. A mesma promessa também foi feita em 2006 ao time nacional de baseball, caso eles conseguissem a classificação para as semifinais do campeonato mundial. 

Essas isenções levaram a uma indignação pública nunca antes vista, tornando o benefício algo raro de ser concedido nos moldes adotados. Atualmente, atletas medalhistas nas Olimpíadas ou medalhistas de ouro nos Jogos Asiáticos são isentos do alistamento convencional. Eles ainda precisam passar por um treinamento militar básico de quatro semanas, mas podem continuar com suas atividades esportivas durante os outros 34 meses de serviço. Vale lembrar que nem todos os esportes são enquadrados na lei das isenções.

A medalha de ouro que o time de baseball sul-coreano ganhou nos Jogos Asiáticos de 2010 fez com que Choo Shin-soo (do SSG Landers) e Ryu Hyun-jin (do Toronto Blue Jays), jogadores que atuam em times estadunidenses, fossem dispensados de seus alistamentos. Em 2018, foi a vez de Son Heung-min conseguir o mesmo feito com a equipe de futebol. Son passou pelo treinamento obrigatório de três semanas no ano passado e chegou a receber um prêmio por se destacar entre os recrutas de seu pelotão.


Músicos clássicos

Créditos: Korea Net

A isenção concedida para músicos clássicos é ainda mais complicada de ser alcançada. Segundo a Administração da Força de Trabalho Militar, órgão responsável pelo alistamento e serviço militar, todos aqueles que possuírem dons especiais na chamada alta cultura – na qual inclui a música clássica, balé, entre outros – e trabalharem para a promoção da cultura e prestígio sul coreanos serão isentos das atividades.

Em 1973, as primeiras isenções eram dadas apenas para os vencedores ou os segundos colocados em competições internacionais de música. Com o passar dos anos, o número de competições válidas foi ampliado e a isenção também passou a valer para bailarinos que conquistaram boas colocações em competições da Unesco. É possível encontrar, no site do órgão, a evolução da isenção e detalhes sobre as competições aceitas.


A discussão sobre idols

Os sete membros do BTS mostrando o passaporte diplomático concedido na última terça-feira (Crédito: Twitter)

Com o receio de perder astros em seus momentos mais lucrativos e com o apoio do Ministro da Cultura, o governo promulgou em dezembro de 2020 a apelidada “Lei BTS“. Ela ampliou a idade máxima de início das atividades para 30 anos de idade nos casos de astros mundialmente reconhecidos. Vale lembrar que a lei não isenta um idol do serviço militar, apenas lhe dá mais 2 anos de prazo para cumprir com suas responsabilidades.


Leia mais: “Lei Goo Hara” e “Lei BTS” aprovadas; Conheça outras leis com nome de Idols

O BTS foi o primeiro, e até agora único, grupo a conseguir tal feito por terem recebido a medalha cultural do Ministério da Cultura, Esportes e Turismo. Porém, polêmicas foram levantadas porque a condição básica para receber a medalha é atuar em ramo de arte ou cultura por pelo menos 15 anos. Tendo em vista que esta regra torna impossível que outros grupos, dos quais a maioria debuta na adolescência, tornarem-se aptos para receber o prêmio, a KMCA enviou uma reclamação ao Ministério da Defesa contra a lei.

As isenções para artistas e atletas dividem opiniões. Para uma grande parte da população, a lei do alistamento militar deveria valer de forma igual para todos, sem distinção para aqueles que atingem determinados patamares de sucesso e reconhecimento. Com a indústria do entretenimento coreano ganhando cada vez mais espaço internacional, os debates envolvendo o alistamento militar estão longe de ter um fim e outras atualizações deverão ser discutidas nos próximos anos.

Por Letícia Gonçalves e Greyce Oliveira
Fontes: (1), (2), (3), (4)
Imagens: Getty Images, Andrew Boyers (Reuters), Korea.net e Twitter
Não retirar sem os devidos créditos.


Leticia Gonçalves

Paulistana que sempre quis ser jornalista. Apaixonada por flores, chás, teorias conspiratórias e não usa salto alto. Tem cara de brava, mas adora bater papo. Você disse Stray Kids?

[EXCLUSIVO] Grupo de k-pop SUPER JUNIOR negocia turnê no Brasil Dramas Coreanos com mais de uma temporada Empresas de KPOP investem em NFTs Girls Planet 999: Conheça o grupo Kep1er Programas Coreanos no Youtube