Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Cinema História

[LISTA] 10 Filmes sul-coreanos baseados em histórias reais

Pensando nos amantes de histórias reais, preparamos uma lista com dez filmes sul-coreanos baseados em fatos reais que você não pode deixar de assistir.


1. O Almirante: Correntes Furiosas (2014)

Esta indicação é para os amantes de filmes de guerra tão épicas que parecem impossíveis de serem reais.

O filme retrata a Batalha de Myeongryang, que ocorreu em 1597 durante a 2ª invasão japonesa na Coreia (1592-1598). Nela, o almirante Joseon Yi Sun-sin (Choi Min-sik), com apenas 13 navios, conseguiu destruir uma frota com 133 navios de guerra japoneses. A batalha ocorreu no Estreito de Myeongryang e é considerada a maior vitória do Almirante Yi.

Gênero: Ação e Aventura, Guerra, Drama, História
Disponível em: Google Play


2. O caso do homicídio de Itaewon (2009)

“O caso do homicídio de Itaewon” é baseado em um caso não resolvido que ocorreu em 1997 no distrito de Itaewon. Um estudante foi morto a facadas de forma brutal por estrangeiros, e os principais suspeitos do caso foram dois adolescentes americanos. O filme se passa dentro do tribunal, mostrando como foi o julgamento do caso.

Gênero: Suspense, Mistério, Psicológico, Investigação


3. 1987: When the day comes (2017)

Provavelmente este é o período histórico mais retratado em séries e filmes coreanos. Já falamos sobre algumas séries coreanas que retratam este assunto e novamente vamos tratar do período ditatorial do presidente Chun Doo-hwan, do massacre de Gwangju e da revolta democrática coreana de 1987.

LEIA MAIS: 15 k-dramas que foram baseados em fatos reais

Este filme conta a história de um estudante universitário chamado Park Jong-chul (Yeo Jin-Goo), que durante uma manifestação foi capturado, interrogado, torturado e morto pela polícia – e o governo tentou encobrir o caso. Park Cheo-won (Kim Yun-Seok), o comissário encarregado de investigar supostos comunistas, supervisionou o interrogatório e optou por encobri-lo, cremou o corpo antes que a autópsia pudesse ser realizada e relatou a morte como um ataque cardíaco. Mas a mídia e os estudantes universitários lutaram para revelar toda a verdade. Além disso, o filme retrata os eventos políticos que levaram à Revolta Democrática na Coreia, em junho de 1987.

Outros filmes baseados neste evento são: 26 years (2012), May 18 (2007), A Petal (1996), A Taxi Driver (2017) e Taxi Driver (2021).

Gênero: Política, Drama
Disponível em: Netflix, Amazon


4. 26 years diary (2007)

Esta não é uma produção sul-coreana, mas aparece nesta lista porque retrata uma história entre Coreia e Japão.
O filme é baseado na vida de Lee Su-Hyun, um rapaz coreano que vai estudar no Japão para ampliar seus horizontes e se apaixona por Yuri, vocalista de uma banda japonesa. A trama mostra o romance entre os dois e como eles enfrentam os preconceitos sociais e raciais.

Gênero: Drama, Romance



5. 684: Unidade de Combate (2003)

O filme inicia em janeiro de 1968, quando um comando norte-coreano, infiltrado em Seul, tenta assassinar o presidente Park Jeong-hee. Em contrapartida, o governo sul-coreano escolhe alguns prisioneiros perigosos e os confina na ilha de Silmido. Lá, eles são treinados para formar uma unidade de combate e, ao final do treinamento, recebem a missão de assassinar o líder norte-coreano Kim II-sung.

Gênero:  Ação, Guerra, História, Suspense


6. No meio do fogo (2010)

A história se passa na Guerra da Coreia, em 1950. Quando a guerra entre as Coreias eclodiu, a Coreia do Sul precisou levar toda a sua força militar para a região sul do Rio Nakdong para evitar sua invasão. Com isso, o comandante Kang Seok-dae deixou a unidade de defesa em Pohang com 71 soldados ainda em treinamento e inexperientes. Eles precisaram travar uma guerra contra o exército norte-coreano de forte artilharia. Sem treinamento e com medo, os soldados conseguiram evitar o avanço das tropas norte-coreanas por onze horas, até que o comandante Seok-dae voltasse com os soldados experientes.
O filme é inspirado em uma carta escrita por um desses soldados.

Gênero:  Ação, Guerra, História, Drama
Disponível em: Google Play


7. Anarquista da Colônia (2017)

Antes mesmo do filme começar, aparece a frase: “Este filme se baseia em uma história real, assim como nas evidências que relatam e testemunham esta história, e todos os personagens são também reais”.

Esta frase demonstra o quanto os diretores buscaram demonstrar todos os acontecimentos da forma mais realista possível e seguiram fielmente todas as evidências históricas para compor a trama.
O filme é baseado na vida do ativista Park Yeol, que em 1923 formou a organização anarquista “Black Wave” em Tóquio, buscando a independência coreana durante o período colonial japonês. Park Yeol se casou com Kaneko Fumiko, uma mulher japonesa que viu as injustiças cometidas pelo seu país e advogou pela liberdade dos coreanos. Mais de 6.000 coreanos que fizeram parte da organização morreram de forma brutal no Japão. Para encobrir o massacre, o governo japonês inventou que houve uma conspiração para assassinar o imperador nipônico e que tudo foi planejado por Park Yeol.

Gênero: Drama
Disponível em: Amazon


8. A Última Princesa (2016)

Este filme se passa em 1925, com a Coreia sob o governo japonês, e conta como a princesa Deokhye, aos 13 anos, foi forçada a se mudar para o Japão. Ela foi a última princesa da Dinastia Joseon e recebeu ajuda de Kim Jang-han, um oficial do exército japonês que fazia parte do movimento de independência coreana, para fugir do Japão e ir à Xangai, local do Governo Provisório da República da Coreia. Mas a tentativa falha, eles são separados e ela é forçada a se casar com o Conde Sō Takeyuki em 1931, e desenvolve esquizofrenia após dar à luz a sua filha no ano seguinte.
Kim se torna um repórter de jornal e acaba encontrando Deokhye em um hospital psiquiátrico japonês, décadas depois de terem se separado. Ele então convence o governo sul-coreano a permitir que ela entre no país e, em 1962, Deokhye finalmente pode retornar à sua terra natal.

Gênero: Drama
Disponível em: Google Play


9. Children (2011)

Mais um filme sinistro sobre um assassinato que nem parece real.
O filme é baseado em um caso que aconteceu em 1991 e até hoje está sem solução. Cinco crianças foram ao Monte Waryong para pegar rãs e nunca mais voltaram. Onze anos depois, em 2002, os ossos das crianças foram descobertos em Daegu, na Coreia do Sul.

Gênero: Drama
Disponível em: Google Play


ALERTA DE GATILHO!

10. Don´t Cry Mommy (2012)

Para finalizar a lista, este é um filme muito intenso, pesado, dramático e assustador. Ele foi baseado principalmente no caso da adolescente Kim Bu-Nam, que se matou após sofrer abuso sexual coletivo. Mas, segundo o diretor, a trama retrata vários casos semelhantes e o foco principal é trazer um apelo para a reavaliação das leis coreanas sobre crimes sexuais que envolvam menores de idade.
Na trama, uma adolescente se apaixona por um rapaz, mas ele se torna responsável pelo estupro coletivo que desencadeia o suicídio dela. Em luto, a mãe vai em busca de vingança por sua filha.

“As punições por agressão sexual entre estudantes costumam ser muito fracas ou, às vezes, o agressor é até considerado inocente. Achei que era isso que causava um dilema. Porque a lei perdoa os culpados, não significa que as vítimas os perdoam também. Em vez de fazer uma simples história de vingança, eu queria mostrar como é doloroso para a vítima do ponto de vista de sua mãe…”, disse o diretor Kim Yong-han para a KOFIC em uma entrevista. “…Sem mencionar a necessidade de aumentar as punições para criminosos sexuais menores, o sistema de proteção para as vítimas e suas famílias também é muito fraco. Elas não são protegidas adequadamente após suas provações, e isso causa um círculo vicioso. Espero que este filme possa soar o alarme pelo menos o mínimo possível.”

Gênero: Drama
Disponível em: Amazon

Esperamos que goste das indicações!

Fonte: (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7), (8), (9), (10)
Imagens: Reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.


Ana Raíssa Luz

22 anos, mineira, professora de música (graduando em licenciatura em educação musical escolar) faço pesquisas na área de neurociência e sou army. Vivo uma eterna paixão pela Coréia.

Dramas Coreanos com mais de uma temporada Empresas de KPOP investem em NFTs Girls Planet 999: Conheça o grupo Kep1er Programas Coreanos no Youtube Saúde Mental – 5 K-Dramas que abordam o assunto