Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Entretenimento

JTBC divulga nova declaração sobre controvérsias envolvendo roteiro de “Snowdrop”


Após uma petição pedindo o cancelamento de Snowdrop ser criada no site da Casa Azul, a JTBC divulgou nesta terça (21) uma nova nota para esclarecer as controvérsias envolvendo o drama.

Leia mais: Petição para cancelamento de “Snowdrop” ultrapassa 200 mil assinaturas e drama perde patrocinadores


Os autores da petição declararam: “Houveram vítimas ativistas que foram torturados e mortos durante os movimentos de democratização porque foram acusados de serem espiões sem nenhum embasamento. Criar um drama com um enredo assim apesar desta verdade histórica abala o valor do movimento de democratização“.

Na trama, o protagonista Su Ho – interpretado por Jung Hae-in – é retratado como um espião enquanto um outro personagem é o líder da Agência de Planejamento de Segurança Nacional (NSP), parte do regime autoritário da época. Os espectadores criticaram este aspecto do roteiro apontando que muitos perderam a vida ao serem falsamente acusados de serem como Su Ho. Uma das cenas mostradas nos capítulos iniciais do drama que mostrava o personagem aparece fugindo da NSP ao som de uma música simbólica para o movimento também foi alvo de duras críticas.

Além disso, o nome da personagem interpretada por Jisoo (BLACKPINK) teve de ser mudado de Eun Young-cho para Eun Young-ro para evitar ligações com o nome da ativista pró-democracia Chun Young-cho.

A petição já ultrapassou 300 mil assinaturas, muito além das 200 mil exigidas pelo governo para que haja uma resposta à demanda.

Em resposta às controvérsias envolvendo a produção, a JTBC revelou uma nova nota na qual lê-se:

Esta é a declaração da JTBC sobre as controvérsias sobre o drama Snowdrop.

Após a exibição de Snowdrop, a controvérsia não está cessando baseadas em informações falsas, então estamos lançando uma nota.

Primeiro de tudo, o contexto e motivo dos incidentes importantes de Snowdrop são a época do regime militar. Com este contexto, ele contém uma história fictícia do partido no poder colidindo com o governo norte-coreano para manter sua autoridade. Snowdrop é um trabalho criativo que mostra a história pessoal de indivíduos que foram usados e vitimizados por aqueles que estavam no poder.

Não há espião liderando o movimento de democratização em Snowdrop. Os protagonistas não são mostrados como participantes ou líderes do movimento de democratização nos 1º e 2º episódios e também não o farão em nenhuma parte do futuro roteiro.

A maioria dos mal-entendidos sobre as preocupações de “distorções históricas” e “depreciação do movimento democrático” criticadas por muitos serão esclarecidas ao decorrer do roteiro. O drama inclui a intenção do time de produção de esperar que a era anormal em que a liberdade e felicidade individuais sejam oprimidas por um poder injusto não volte a se repetir.

Embora, infelizmente, não possamos revelar muito sobre o roteiro de cada episódio, pedimos que assistam o progresso do mesmo.

Além disso, para ouvir as valiosas opiniões sobre os conteúdos da JTBC, ouviremos as diversas vozes abrindo em nosso portal uma janela de chat ao vivo e o mural de mensagens oficial dos telespectadores.

Os valores principais que a JTBC visa são a liberdade de criação de conteúdo e a independência de produção. Baseado nisso, a JTBC continuará a contribuir com esforço máximo em exibir ótimas produções.

Fonte: (1)
Imagem: JTBC (reprodução)
Não retirar sem os devidos créditos.

Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.