Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Cotidiano

Familiares e fãs se reúnem para último adeus à atriz Nida “Tangmo” Patcharaveerapong

Nesta sexta (11), familiares, amigos e fãs se reuniram em uma igreja em Bangkok para da o último adeus à Nida “Tangmo” Patcharaveerapong. A atriz foi declarada morta no dia 26 de fevereiro após equipes de busca encontrarem seu corpo. Ela se afogou no rio Chao Phraya após cair de uma lancha dois dias antes.


A igreja tem capacidade para 3000 pessoas. Porém, devido aos protocolos de distanciamento social, apenas 1000 foram autorizados a participar da cerimônia, que ocorre até domingo. Os visitantes tiveram que fazer uma reserva on-line para assegurar suas presenças no local e todos os lugares disponíveis foram ocupados com antecedência. Para não excluir aqueles que não puderam comparecer, a igreja organizou uma transmissão ao vivo através do YouTube e do Facebook.

A polícia tailandesa continua investigando o caso, mas todas as evidências coletadas até o momento mostram que Tangmo foi vítima de uma fatalidade. Até o momento, duas pessoas foram indiciadas. Tanupat “Por” Lerttaweewit, dono do barco, e Phaiboon “Robert” Trikanjananun, que pilotava a embarcação.

A acusação de Tanupat “Por” Lerttaweewit é de operar um barco não-autorizado, já que a licença da embarcação estava vencida. Já Phaiboon “Robert” Trikanjananun admitiu em depoimento que não tinha experiência em pilotar barcos e foi indiciado por negligência. A polícia diz que ele teria feito um movimento que fez com que o barco desse uma guinada e jogasse Tangmo na água. A atriz não estava usando colete salva-vidas na hora do acidente.

Desde que o acidente foi divulgado pela primeira vez, fãs e internautas compartilharam teorias sobre o que teria causado a morte de Tangmo. Porém, a polícia declarou que, até agora, não foram encontradas evidências que indicassem que o caso não foi uma morte acidental. Além das provas coletadas, o corpo da atriz passou por duas autópsias para que os resultados fossem comparados entre si e todos os ocupantes do barco prestaram depoimento após o acidente.

De acordo com o porta-voz da polícia, a conclusão do laudo sobre o caso pode levar até quatro semanas para ser concluído.

Fonte: (1)
Imagem: reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Greyce Oliveira

    Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

    Faixas do K-pop que destroem os haters Locais de filmagem do K-Drama My Liberation Notes Filmes com a Tokyo de La Casa de Papel Coreia K-dramas que estreiam em Julho 6 k-dramas com casais “friends to lovers”