Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Sociedade

Empresas coreanas estão considerando o MBTI ao contratar funcionários

A cultura coreana possui diversos sistemas para saber a personalidade de cada um. Um dos mais famosos é o do tipo sanguíneo. Porém, nos últimos tempos, o MBTI tem ganhado força. Tanto que algumas empresas do país agora estão levando este fator em consideração na hora de escolher seus novos funcionários.

Uma anônima de 26 anos que está em busca de emprego disse ao portal Korea JoongAng Daily: “Eu menti sobre o meu MBTI porque estava preocupada que a empresa tivesse preferência por algumas personalidades em particular“.

A pergunta sobre qual era o tipo MBTI da candidata estava no formulário de inscrição para a vaga juntamente com um pedido que descrevesse as vantagens e desvantagens do seu perfil. Na opinião dela: “Não há maneiras de se definir todas as personalidades humanas em apenas 16 tipos. É bom que as empresas estejam fazendo um esforço para ficarem mais próximas dos jovens e dos seus interesses, mas o resultado de um teste de MBTI não deveria ser um indicador para avaliar candidatos a empregos“.

A entrevistada não é a única a externar sua indignação com esta tendência, mas um número cada vez maior de empresas estão utilizando deste dado para escolher seus novos funcionários. Apesar de muitos jovens acharem o teste confiável em categorizar as pessoas, aqueles que buscam empregos argumentam que isto não deveria ser considerado para medir a capacidade de alguém.

Dentre as empresas que decidiram seguir a moda está o Suhyup Bank, que pediu que os candidatos revelassem seu MBTI, explicasse as vantagens e desvantagens do seu tipo de personalidade e descrevessem qual cargo mais combinaria com seu perfil. A empresa do ramo alimentício Ourhome faz o mesmo com o bônus de ainda pedir exemplos.

Mas e se alguma empresa decidisse simplesmente esnobar um candidato em potencial apenas por causa do MBTI? A agência de publicidade Adnine pode vir a fazer, pois especificou que deseja contratar alguém com personalidade extrovertida, ou seja, aqueles cujas siglas comecem pela letra E.

Teria como piorar? A resposta é sim. Em sites como o Alba Cheonguk e o Job Korea, que oferecem vagas de emprego, já constam vagas que banem candidatos com personalidades específicas.

Um café localizado no bairro de Mapo descreveu uma vaga da seguinte forma: “Contratamos funcionários baseados nos seus tipos de MBTI. Pessoas cujos tipos comecem com E (extrovertidos), por favor se inscrevam. ENTJs e ESFJs não são autorizados a se candidatarem. Também aceitamos pessoas com tipo I (introvertidos), mas não INFPs, INTPs e INTJs“.

Apesar de resumirem as personalidades em apenas quatro letras, o MBTI não indica exatamente o grau que cada um apresenta determinada característica. Isso foi apontado por Kwon Dae-min, outro entrevistado que está a procura de emprego: “Até mesmo entre as pessoas cujo MBTI começa com I, alguns têm 55% de introversão no teste enquanto outros têm 90%. Os dois certamente são diferentes, mas o resultado só os classifica em um grupo. Os resultados do MBTI não podem ser um tipo de indicador para julgar candidatos à vagas de emprego“.

Uma pesquisa feita pelo site de vagas Alba Cheonguk com 1990 pessoas em busca de emprego indicou que 3 em cada 5 têm opiniões negativas sobre o uso do MBTI nos processos de recrutamento. No final, 60.6% disseram que são contra usar esse dado nas entrevistas enquanto 74.8% acreditam que o MBTI não reflete totalmente a personalidade e aptidão do candidato.

Além disso, 51% diz não achar o teste confiável e 48.5% se dizem preocupados com as empresas que penalizam candidatos com que possuem algum MBTI que esteja na lista dos “rejeitados”.



O que dizem os especialistas

O Korea JoongAng Daily conversou com Kim Jae-hyoung, um dos pesquisadores a frente do Instituto MBTI da Coreia, que concordou com a visão dos candidatos:

O propósito do MBTI é fazer com que as pessoas entendam que cada ser humano é único e formar um mundo que respeite as diferenças e diversidades. Dividir as personalidades em 16 tipos não significa que podemos colocá-las em um ranking de 1º até 16º. Estou preocupado que mais empresas estejam usando os resultados do teste para filtrar os candidatos. Queria perguntar a estas empresas se realmente não têm estereótipos ou preferências por um MBTI em particular.

Kim também alerta que a versão on-line do teste não é a completa. Um teste completo de MBTI é feito com especialistas e, além de tempo, também custa dinheiro. Além do Instituto de MBTI da Coreia, os testes também estão disponíveis em centros de consulta psicológicos e centros educacionais.

O Professor Na Jin-kyung, acadêmico de Psicologia na Universidade Sogang, também reforça: “Os tipos de MBTI são relativos. Por exemplo, não há uma forma de se distinguir ‘alto’ e ‘baixo’. Na Coreia, podemos dizer que um homem de 1,80 de altura é alto, mas, se pensarmos nele como um jogador de basquete, ele não é alto. Sendo assim, não há padrão para distinguir extroversão e introversão. Logo, é muito arriscado usar os resultados como uma ferramenta para julgar personalidades nos processos de seleção de empregos“.


Como posso saber meu MBTI?

Aqui mesmo na KoreaIN já explicamos sobre o MBTI e mostramos alguns famosos que se encaixam em cada um dos perfis. Caso tenha curiosidade em saber o seu perfil, clique aqui para fazer a versão on-line do seu teste. Em seguida, confira qual idol tem o mesmo que você.

Leia mais:
[LISTA] Veja os K-idols que revelaram seus resultados do MBTI

Fonte: (1)
Imagem: reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

img

    Inscreva-se no Telegram da KoreaIN e saiba tudo sobre a Coreia do Sul e o K-POP.


Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

Curiosidades do BL coreano Cherry Blossoms After Winter Idols de K-Pop que possuem tatuagens 7 K-Dramas com Ahn Hyo Seop Motivos para assistir o K-Drama Twenty-Five Twenty-One Curiosidades sobre o K-drama BL Semantic Error