Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Justiça

Nam Joo Hyuk é envolvido em novas acusações de violência escolar

Nesta terça (28), Nam Joo Hyuk foi acusado novamente de violência escolar por um novo acusador que diz ter estudado com o ator no Ensino Médio. A nova acusação chega pouco mais de uma semana da primeira, publicada com exclusividade pelo portal The Days News que foi firmemente negada pela Management SOOP.

O segundo acusador afirma que foi vítima de violência escolar pelo ator e seus amigos. Ele também conta que não conversou com nenhum veículo de imprensa previamente nem contou seu relato em fóruns on-line. Sua decisão de relatar sobre o que passou veio após a Management SOOP negar e prometer tomar ações legais sobre a suposta primeira vítima.

Em seu relato, o acusador diz que Nam o forçava a compartilhar dados móveis contra a sua vontade e constantemente pegava seu celular para comprar itens de jogos: “Na época da escola, Nam Joo Hyuk ficava com meu celular mais do que eu mesmo. Como meus pais eram quem pagavam [pelos jogos], pedi o dinheiro a ele para que pudesse pagá-los e ele respondeu ‘Por que eu deveria te dar?’. No fim, ele nunca me pagou“.

Além disso, caso desobedecesse as ordens de Nam ou fizesse algo que o desagradasse, o ator e seus amigos cercavam o acusador e o forçavam a brigar com um deles. Como não queria agredir ninguém, o acusador acabava apenas levando golpes sem reagir.

A Management SOOP já se manifestou sobre o caso e, mais uma vez, negou as novas acusações: “Checamos [os relatos] e eles são infundados“.


Primeiro acusador muda seu relato

No sábado (25), o portal Money Today reportou que o primeiro acusador que descreveu um histórico de violência escolar de Nam Joo Hyuk em um fórum mudou seu relato após ser processado pela Management SOOP.

O relato original do primeiro acusador foi posto em cheque até por fãs do ator, que destacaram o fato dele alegar ter sido vítima de bullying por seis anos sendo que Nam só estudou na escola por três.

De acordo com as novas versões dos fatos, o primeiro acusador diminuiu a duração dos atos de seis para dois anos e, agora, alega que a vítima não foi ele próprio, mas um amigo seu. Sobre isso, alega-se que o acusador tem Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e que, por isso, houveram falhas na comunicação do caso.

Com as mudanças, o artigo no Money Today foi editado para modificar as informações de acordo com a nova versão dos fatos, mas não foi retirado do ar.

Fonte: (1), (2)
Imagem: reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Greyce Oliveira

    Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

    O significado as máscaras usadas em Money Heist Korea Produções com a Nairobi de La Casa de Papel Coreia K-POP: Os MVs mais vistos do NCT 7 K-dramas com Park Eun Bin 5 Curiosidades sobre o K-drama Extraordinary Attorney Woo