K-pop

Revista TIME lista as dez músicas e álbuns que definiram o k-pop em 2020

Apesar do impacto que a pandemia trouxe para a indústria musical mundial, a Coreia do Sul não sofreu queda em quantidade e qualidade, e uma série de artistas produziram alguns de seus melhores trabalhos, construindo uma maior conexão com aqueles que até então só podiam interagir a distância. Considerando tudo isso, a revista estadunidense TIME selecionou 10 músicas e 10 álbuns de k-pop que definiram o gênero em 2020.



Confira as listas completas:

MÚSICAS

Answer – ATEEZ


Lançada em janeiro de 2020, o som do ATEEZ capturou a energia de uma nova década repleta de potencial. À medida que 2020 declinava, o espírito de alegria em Answer tornou-se tanto uma memória dos “tempos anteriores” quanto uma visão para o momento em que poderemos estar todos juntos novamente.


Nonstop – OH MY GIRL


Em um ano em que vários grupos femininos de k-pop direcionaram seus conceitos para algo mais sombrio e sensual, o OH MY GIRL abraçou uma imagem alegre e jovem com a música Nonstop. A faixa traz melodias vibrantes sustentadas por notas otimistas. Apesar do frescor musical, a música traz também um som bastante maduro.


Home;run – SEVENTEEN


Com batidas ressonantes e estalos que criam um ritmo majestoso, a música convida o ouvinte a deleitar-se com a música e se juntar à festa dos palcos- mesmo que somente em nossas mentes.


Maria – Hwasa


Dos últimos lançamentos solos que tivemos, Maria deixa a impressão mais marcante. Sensual e elegante, a música transborda carisma com a distinta voz de Hwasa. Tendo abandonado seu primeiro projeto em 2019, Hwasa volta com um EP mais pessoal, usando seu nome de batismo como título.


Dumhdurum – Apink


O sintetizador no refrão, formado por uma sequência de notas em cinco tons, é um dos riffs mais memoráveis do ano. Mas Dumhdurum não deixou apenas uma marca por causa de  sua produção eletrônica; a faixa coloca o canto de seus membros na frente e no centro, destacando suas  seis intérpretes experientes chamando atenção sem esforços para suas proezas vocais.



Daisy – PENTAGON


Daisy expressa de forma descarada a dor contida no término. Com uma faixa de rock alternativo, a música traz as vozes saturadas de desespero dos membros que sofrem por esse falso amor.

A faixa também marcou a primeira vitória do PENTAGON nos programas musicais, momento de muita emoção para o grupo e fãs.


Leia mais: PENTAGON conquista 1ª vitória da carreira em programas musicais com “Daisy”

PENTAGON fala sobre as emoções da 1st WIN e a vontade de ver os fãs globais


Kick It – NCT 127


O bombástico ritmo eletrônico dos primeiros segundos da música impressionam, assim como as primeiras linhas da faixa, transmitidas em formato de cantos. A música tornou-se uma das mais icônicas de 2020, muito por conta de seu tom arrogante e tema de artes marciais.


Lovesick Girls – BLACKPINK


A característica de produção eletrônica pesada dos bops emocionantes do BLACKPINK é retirada para acentuar as melodias cantadas pelas quatro integrantes. Suas vozes são sobrepostas ao violão para criar um ambiente suave, dando uma guinada mais melancólica da natureza contundente das faixas-título de 2018 e 2019 do grupo.


La Di Da – EVERGLOW


EVERGLOW leva o ouvinte em um passeio eletrizante que se destaca entre as canções de inspiração retro do ano por sua espinha dorsal de corajosa e melodias dinâmicas. O refrão é o destaque, com linhas crescentes e notas agudas contrastando com o rap mais grave.


Not Shy – ITZY


Lançada em agosto, Not Shy é o lançamento do ITZY com maior valor de repetição em 2020. É realmente um desafio se cansar das melodias de saxofone ousadas, da percussão urgente e da ousada pronúncia do grupo de seu próprio nome ao longo do refrão.



ÁLBUNS

Map of the Soul: 7 – BTS

Lançado em fevereiro, Map of the Soul: 7 foi considerada a obra-prima artistica do BTS. Black Swan foi eleita a faixa mais cativante do projeto, com seus serenos toques de guitarra, a música expressa o medo dos membros de perder a paixão por seu trabalho.


Dystopia: The Tree of Language – DREAMCATCHER

Seguindo um caminho não convencional e conquistando um nicho com o rock como centro da identidade musical do grupo e trazendo 13 faixas baseadas nos vocais ricos das artistas; o primeiro álbum completo do DREAMCATCHER foi considerado o melhor lançamento do grupo desde sua estréia em 2017.


In Life – Stray Kids

In Life oferece um banquete de ganchos dinâmicos e vibrações festivas, com faixas que incluem canções do Stray Kids completo e de sub-units que dão espaço para o destaque dos vocais de cada membro.


BLOOM*IZ – IZ*ONE

O primeiro álbum completo do IZ*ONE é uma adição bem-vinda à discografia caleidoscópica do grupo. BLOOM*IZ mostra o que há de melhor, servindo uma paleta de cores que demonstra os vários tons e matizes do pop chiclete.


Never Gonna Dance Again: Act 2 – Taemin

Cada faixa segunda parte do lançamento de Taemindestaca o canto do membro do SHINee e do SuperM contra um pano de fundo de instrumentais que se suavizam gradualmente na progressão da primeira faixa até a última do álbum.


ALL ABOUT LUV – Monsta X

Primeiro álbum totalmente em inglês do Monsta X (e primeiro do k-pop em mais de uma década) não é apenas notável por sua direção linguística, mas também por suas melodias e harmonias suaves abundam as canções que variam de eletro-pop a baladas suaves. Conhecidos por seus tons mais agressivos e rítmicos, os membros liberam um lado mais suave e sensual enquanto cantam provocativamente algumas das letras mais sugestivas do k-pop.


Eyes Wide Open – TWICE

A introdução de I Can Stop Me por si só torna o álbum Eyes Wide Open do TWICE um dos mais notáveis ​​do ano. Com uma combinação dos anos 80 com o som alegre característico do grupo este álbum é uma cola instantânea. O álbum traz doze e melodias com tons otimistas e canções que falam sobre as turbulências internas, dando um abraço reconfortante ao ouvinte.


Super One – SuperM

https://open.spotify.com/album/10fdwvVIpa0raPkZUTILAt?si=hfS9CvdTSsONg6sVPxj7pA

A variedade de músicas do lançamento do SuperM fornece acompanhamento para cada atividade que alguém pode fazer isoladamente: a faixa-título contundente, One (Monster & Infinity) e o single de pré-lançamento – 100 – podem esquentar uma festa de dança solo; a balada Better Days sobre este “mundo cheio de incertezas” pode inspirar um grito catártico de quarentena. Mas o ponto alto de Super One é a enérgica Wish You Were Here, cujo refrão cativante ecoa na memória muito depois de as notas finais do álbum terem sido tocadas.


回: Walpurgis Night – GFRIEND

A pandemia certamente não impediu o progresso musical de GFRIEND. Em um ano, o grupo de quase seis anos lançou três álbuns de durações variadas para a série “” – uma palavra sino-coreana que significa “dar meia-volta” ou “voltar”. Mas em vez de retroceder, os seis membros abrem um novo caminho com a mágica e mística Noite de Walpurgis.


The Book of US: The Demon – DAY6

O DAY6 foi exaltado por ter produzido consistentemente algumas das músicas mais emocionantes. The Book of Us: The Demon apresenta letras memoravelmente penetrantes. O álbum pode não ser um remédio completo para a dor em si, mas certamente tem o poder de fazer os ouvintes se sentirem menos sozinhos.

Fonte: (1)
Imagens: Reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

Isabela Ávila

 Formada em moda, apaixonada por livro, filme, música e café nessa ordem.

Você também pode gostar...