Justiça

Ilhoon é condenado a dois anos de prisão por compra e uso de maconha

[Atualização em 14 de junho]

A defesa de Ilhoon recorreu da decisão do julgamento nesta segunda (14). O advogado do ex-rapper não ficou satisfeito com a condenação inicial de dois anos de prisão mais multa de 133 milhões de won e entregou a apelação à 22ª Divisão Criminal do Tribunal Central de Seul, cujo responsável é o Juiz Yang Cheol-han.

Continuaremos acompanhando o caso para mais desdobramentos.



[Texto original]

Jung Ilhoon (ex-rapper do BTOB) foi condenado a dois anos de prisão mais multa de 133 milhões de won (mais de 600 mil reais) pela compra e uso de maconha. A sentença ocorreu no Tribunal Central de Seul nesta quinta (10).

O caso começou a ser investigado em dezembro do ano passado e Ilhoon já havia admitido o uso do entorpecente desde a primeira audiência, ocorrida em abril. Inicialmente, a promotoria havia pedido 4 anos de prisão mais multa. O valor da multa foi mantido na sentença final, mas a prisão foi diminuída.

A corte declarou: “Os réus se comunicavam pela darkweb para que seus crimes não fossem facilmente detectados e usaram métodos criminais elaborados, como fazer transações com a criptomoeda bitcoin“. Sobre Ilhoon e um outro réu, identificado como Park, a corte destacou: “Os dois réus tiveram papéis de destaque e executaram os atos criminosos mais vezes“.

Além de Ilhoon, outros sete réus foram julgados no caso. Todos os outros receberam penas entre um ano e meio a dois anos de suspensão.

Fonte: (1)
Imagem: Reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

Você também pode gostar...