Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

SHINee, Highlight, Epik High, T-ARA, 2PM
Música

A volta de artistas com mais de dez anos de carreira em 2021

Todo ano surgem novos artistas de k-pop, mas isso não significa que os veteranos não tem espaço na música. Muito pelo contrário, idols com mais de 10 anos de carreira ainda estão com tudo e o ano de 2021 está de prova.

Alguns desses artistas da segunda geração nunca deixaram os holofotes e lançam músicas constantemente. É o caso da solista IU, da Taeyeon do Girls’ Generation, da Sunmi, do grupo Super Junior e do B1A4. Tem ainda aqueles que tiveram hiatus, mas voltaram nos últimos anos e tiveram crescimento em 2021, como o Rain, a CL e as Brave Girls.


Ainda tivemos reencontros de grupos antigos, mesmo que não tenha rendido música nova, como a reunião do Infinite e as performances especiais de grupos como 9Muses e After School no programa MMTG, da apresentadora Jae Jae.

Mas o ano de 2021 foi ainda mais especial, porque trouxe de volta idols que estavam há tempos sem promover. Os motivos são dos mais variados. No caso de boygroups, o afastamento por causa do serviço militar acaba sendo um dos principais motivos para hiatus. O fim do contrato com as antigas agências ou interrupções na carreira musical para se dedicar a outras áreas, também é comum.

Felizmente, certos ícones que debutaram na segunda geração, saíram de suas pausas para retornos aclamados em 2021. Vamos fazer uma jornada pelo tempo e pelo ano de 2021, para relembrar os principais comebacks de veteranos.


Epik High



O Epik High é o grupo mais antigo da lista e de fato eles não são do k-pop, mas são um grupo importante dentro do k-hiphop e da música coreana. Suas músicas ajudaram na expansão da cultura coreana mundo à fora, sendo inclusive os primeiros artistas coreanos a participarem do Coachella, em 2016. Depois de dois anos sem novidades, em 2021, o trio comemorou os 20 anos de carreira com muito estilo.

Logo em janeiro anunciaram o 10º álbum completo, com direito a um documentário de respeito. O álbum foi dividido em duas partes e conta com participações especiais nas faixas. A primeira parte do álbum, Epik High Is Here, foi lançada em janeiro e o primeiro single foi Rosario, com participação de CL e Zico. E não para por aí. A segunda parte do álbum está prevista para 2022.


HyunA



A solista representante da lista é a HyunA. A antiga integrante do Wonder Girls e do 4Minute é uma solista bem-sucedida há anos, desde sua carreira na Cube Entertainment e agora fazendo o mesmo na P Nation. Ela lançou Flower Shower em 2019, mas esteve afastada dos palcos até então. A intenção da cantora era lançar a música Good Girl em 2020, mas foi adiado por causa de problemas de saúde.

HyunA revelou que sofre de depressão, síndrome do pânico e síncope vasovagal, esta última que causa visão embaçada e desmaios, que afetaram a sua rotina de treinos e performances. Assim, ela precisou adiar os planos para se cuidar e agora, em janeiro de 2021, ela pôde voltar com o EP I’m Not Cool, com a faixa-título de mesmo nome e a canção Good Girl.


SHINee



Como já diria o Minho, SHINee is back. Após a conclusão do serviço militar de Onew, Minho e Key, eles se juntaram ao Taemin para voltar aos palcos como SHINee. Os dois anos e meio sem música nova foram compensados em fevereiro com o álbum completo Don’t Call Me e a faixa-título homônima. O grupo não parou e em abril eles lançaram a música Atlantis como parte do álbum de mesmo nome – uma nova versão de Don’t Call Me, mas com novas canções inclusas.

Para fechar, em junho, o SHINee fez seu comeback japonês com o mini-álbum e a faixa Superstar. A movimentação toda foi para aproveitar o quarteto, já que o maknae Taemin se alistou em maio. Mas os fãs não precisam ficar tristes, já que os demais integrantes voltaram com tudo e estão lançando seus próprios solos. O Key lançou o mini-álbum Bad Love, o Onew lançou uma colaboração com a cantora Punch na música intitulada Way e Minho voltou com o single Heartbreak.


Highlight



Para os Lights, fandom do Highlight, 2021 foi um ano de luz na carreira do grupo. Eles mantinham lançamentos constantes desde que abriram a própria empresa, a Around Us Entertainment, mas o serviço militar vem para todos os coreanos e eles resolveram se alistar com datas próximas. Por dois anos, os fãs ficaram a espera pela volta do grupo. O líder Dujun foi o primeiro a voltar, e em dezembro de 2020 o se reuniram após a dispensa do maknae Dongwoon.

Desde então eles começaram a preparar o retorno musical como quarteto após a saída do Junhyung. Em maio de 2021, o trabalho resultou no novo EP The Blowing, com a faixa-título Not The End, com participação do integrante Kikwang na letra. Além disso, em setembro, o vocalista principal Yoseop fez seu retorno solo com seu primeiro álbum completo, Chocolate Box, e a música Brain.

Leia também: [ENTREVISTA] YANG YO SEOP (Highlight) fala sobre inspirações musicais e saudades do Brasil


2PM



Nunca é tarde demais para um comeback e o 2PM é uma prova disso. Foram cinco anos de intervalo entre o lançamento anterior Promise (I’ll Be) e a volta em 2021. Um dos motivos para a demora foi, sem surpresas, o serviço militar, que se estendeu por anos a cada ida de um integrante. Somente em março deste ano, tivemos o grupo novamente completo com a volta do Junho. Em junho, o 2PM voltou com a música Make It e o álbum completo Must, que teve participação dos integrantes na composição.

Dentre as músicas novas do álbum, ainda tivemos uma versão acústica de My House, hit do grupo de 2015 que voltou a fazer sucesso repentinamente em 2020. Vale ressaltar que o comeback foi feito com o sexteto completo, incluindo Taecyeon, que não está mais na JYP, mas havia prometido continuar promovendo com o grupo. O 2PM mostrou que voltaram de vez ao lançar em setembro o EP japonês With Me Again.


2AM





Já pensou ver o grupo favorito depois de sete anos sem atividades? Esse foi o tempo que levou para o 2AM ter seu comeback. Lá atrás em 2015, os contratos dos integrantes do quarteto se expirou e cada um deles decidiu ir para um caminho artistico, mas deixando claro que ainda poderiam promover como 2AM no futuro. Sete anos depois de trabalhos individuais e serviço militar, tornaram o sonho uma realidade. O grupo lançou o EP Ballad 21 F/W com direito a duas músicas título com MVs.

No começo da carreira o 2AM era gerenciado pela JYP e pela Big Hit. Para este retorno o Bang Si-hyuk (Big Hit) compôs a música Should’ve Known e o J.Y. Park (JYP) criou a faixa No Good in Good-Bye. Os MVs contam duas visões de uma mesma história, com os mesmos personagens, interpretados por Kim Sohyun (a Jojo de Love Alarm) e por Lee Junho (do 2PM). O lançamento foi realizado pela Culture Depot, subsidiária da CJ ENM.


T-ARA



Entre os girlgroups, quem celebrou foram os Queens, fandom do T-ARA. O grupo retornou em 2021 após quatro anos. Neste meio tempo as quatro integrantes saíram da MBK, após o fim do contrato em 2018, mas sem declararem disband do grupo. Logo em seguida a MBK entrou com pedido para registrar a marca do T-ARA, mas foi rejeitado e o nome continuou com as integrantes.

Após alguns anos com atividades individuais, Jiyeon, Hyomin, Eunjung e Qri resolveram se juntar e lançar novas músicas para os fãs que tanto aguardaram o retorno. O comeback foi feito em colaboração com o Dingo Music, mas toda a produção foi elaborada e financiada pelas integrantes. O resultado foi o single álbum RE:T-ara com duas músicas, a faixa-título TIKI TAKA e a música All Kill.


F.T. Island



Em relação a bandas, quem voltou a aparecer foi o F.T. Island. A banda com quatorze anos de carreira passou os últimos dois sem novos lançamentos, principalmente, como pode imaginar a essa altura, por causa do serviço militar. Entre 2019 e 2020, os integrantes restantes da banda, Hongki, Jaejin, e Minhwan se alistaram para cumprir seus deveres.

O término do serviço da banda foi em setembro e, poucos meses depois, o trio já retornou à ativa. Em dezembro de 2021, o F.T. Island lançou seu oitavo míni-album intitulado Lock Up. A música principal que recebeu MV foi a emotiva Unthinkable.


Menções honrosas

Yunho, Hanbyul, Gayoon e Jiyoon/Jenyer
Yunho (TVXQ), Hanbyul (LED Apple) e a dupla de Jiyoon e Gayoon (4MINUTE) são casos de retornos bem especiais em 2021 (Foto: Divulgação SM Entertainment, Big Ocean ENM e Cube Entertainment)

Em 2021, nós ainda vimos mais comebacks de idols que se tornaram famosos por causa de seus grupos, mas que agora também levam suas próprias carreiras solos de sucesso e valem ser mencionados aqui. É o caso do Yunho (ou U-KNOW), do TVXQ, que lançou o álbum Noir e a música Thank U, depois de quase dois anos desde o último comeback.

Sobre casos de idols que entraram em hiatus por causa do serviço militar, o Infinite tem exemplos de sobra. Nam Woo Hyun terminou seu serviço e voltou com a música Calm & Passion do EP With. Kim Myung Soo, ou L, fez o oposto, voltou à cabine de gravação para lançar o single Memory, antes do seu alistamento em 2021. Hoya, ex-integrante do grupo, estava servindo até ano passado e esse ano voltou com a música Stay With Me , do single álbum 1AM.


Leia também: [ENTREVISTA] Nam Woo Hyun revela saudades dos fãs e comidas brasileiras e comenta sobre novo álbum “With”


Também tivemos casos especiais, como o de Jang Hanbyul, antigo vocalista da banda LED Apple. Desde sua saída da banda ele manteve uma carreira solo, mas passou os últimos anos promovendo na Malásia, após vencer o reality musical local Big Stage, em 2019. Em 2021, ele fez seu comeback na Coreia após quase três anos, com o single Used To This.

Para os fãs dos girlgroups da segunda geração, não tem como esquecer do 4Minute. Em 2021, tivemos um gostinho da unit 2Yoon de volta, graças à carreira solo da Jiyoon. A cantora, que agora usa o nome artístico Jenyer, convidou a amiga e ex-colega de grupo Gayoon para uma participação especial em sua nova música, Soop. Enquanto a Jenyer está ativa há algum tempo, esta é a primeira participação da Gayoon em uma música há alguns anos, merecendo a menção honrosa.


Por Paula Bastos Araripe
Fontes: (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7), (8), (9), (10), (11), (12), (13), (14), (15), (16), (17), (18).
Imagens: SM Entertainment, Around Us Entertainment, OURS Co., Dingo Music, JYP Entertainment, Big Ocean ENM, Cube Entertainment
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Paula Bastos Araripe

    Jornalista carioca que tem o k-pop como trilha sonora da vida. Multistan incorrigível, defensora de grupos (injustamente) desconhecidos e nostálgica da segunda geração do k-pop. Highlight (Beast) tem certificado vitalício como meu grupo ultimate.

    K-Dramas para assistir depois de Again My Life Os perfumes dos membros do BTS Idols de K-POP parte da comunidade LGBTQIA+ 5 K-dramas com Park Jinyoung (GOT7) Curiosidades sobre o BL Kinnporsche The Series