Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Entretenimento

[DOSSIÊ] Entenda os motivos que levaram os fãs a boicotar o comeback do LOONA

Recentemente, os Orbits – fandom oficial do LOONA – organizaram um boicote contra a empresa responsável pelo grupo, a BlockBerry Creative (BBC). O principal alvo é o próximo lançamento, The Origin Album [0], previsto para 03 de janeiro de 2023. A ação vem como resposta a uma série de situações envolvendo o gerenciamento das integrantes.

Para organizarmos melhor o fato, preparamos um dossiê com todos os principais acontecimentos, em ordem cronológica, que culminaram nesta decisão dos fãs de se voltarem contra a empresa.



29 de março de 2022 – Processo de Chuu contra a BBC vira notícia

Em março, o portal sul-coreano Wikitree revelou que Chuu abriu um processo contra o contrato de exclusividade que tinha com a BBC no final do ano anterior. Apesar de não estar totalmente finalizado, a justiça concedeu uma injunção temporária à artista. Este recurso autorizou o cumprimento de parte dos termos exigidos por Chuu.

Apesar do processo, recentemente foi revelado que a artista concordou em assinar um anexo ao contrato original para continuar promovendo com o LOONA. Nos termos do contrato, os lucros obtidos em promoções do grupo seriam repartidos com a empresa e os de trabalhos individuais seriam exclusivos da idol.

Após esta revelação, o LOONA participou com a formação completa do programa Queendom 2, da Mnet. O último comeback do grupo com as 12 integrantes foi em FLIP THAT, em junho.


03 de junho de 2022 – Anúncio da ausência da Chuu na 1ª turnê mundial (LOONATHEWORLD) 

No fim de maio, a BBC anunciou a primeira turnê mundial do grupo, a LOONATHEWORLD. O fandom esperava que as 12 integrantes participassem, porém, 30 minutos antes da abertura das bilheterias, a empresa publicou no fancafe a ausência da Chuu, devido a conflitos na agenda.

O anúncio na íntegra dizia:

Olá. Esta é a Blockberry Creative. 

Devido a conflitos no cronograma de atividades que foram programadas antecipadamente pelo resto do ano, a Chuu, integrante do LOONA, não participará da 1ª Turnê Mundial do LOONA [LOONATHEWORLD].

Nós nos desculpamos sinceramente pelo inconveniente e agradecemos a paciência e o suporte de vocês.

BlockBerry Creative no fancafe

No mesmo mês surgiram rumores de que a integrante deixaria a BBC e assinaria com a BY4M. A agência negou os rumores.

Leia mais:
Portal afirma que Chuu (LOONA) deixará a Blockberry Creative rumo à BY4M Studio


31 de junho de 2022 – Início da turnê LOONATHEWORLD 

No fim de junho começou a 1ª turnê do grupo, que passaria pela América do Norte e Europa, finalizando na Coreia do Sul. As controvérsias começaram com a programação dos eventos, que deixariam pouco ou nenhum espaço para descanso das integrantes.

Durante os eventos nos Estados Unidos e México, que duraram um mês, as integrantes tiveram 14 eventos marcados, além dos dias gastos com viagem e a participação da KCON LA. Essa programação mostrou que as integrantes não tiveram descanso durante o mês de agosto. Só então tiveram 7 dias livres, antes do início da parte europeia da turnê. 

Créditos: Instiz

Já em Chicago, em 11 de agosto, a integrante Kim Lip se ausentou de um Meet & Greet por motivos de saúde. A Yeojin desmaiou no show do México. De acordo com a empresa, o motivo foi a diferença de altitude da cidade. 

Dias antes do início dos show na Europa a BBC revelou que duas membros não participariam da segunda parte da turnê por problemas de saúde. A HaSeul já estava performando nos últimos shows com o ombro machucado, e foi aconselhada por médicos a pausar as atividades. Já Choerry não teve as causas divulgadas. Além disso, Yves também precisou se ausentar dos eventos em Amsterdã (08) por estar com febre.

A preocupação em relação ao bem estar do restante do grupo fez os fãs cobrarem o adiamento dos shows na Europa. A BBC anunciou duas novas datas de shows na Coreia. 

https://twitter.com/_mymusictaste/status/1570887796457639936?s=20&t=u9zBAwT9ndmJnDKvQwI_Bw

14 de setembro de 2022 – Comeback japonês LUMINOUS

O lançamento de LUMINOUS foi o primeiro sem a presença de Chuu. O mini álbum acompanharia shows no Japão, que precisaram ser remarcados por conta de complicações com o visto das integrantes.


25 de novembro de 2022 – Chuu é expulsa do LOONA e recebe mensagens de apoio das integrantes e da indústria

No final de novembro, a BBC anuncia a remoção da artista do grupo, alegando casos de abuso de poder e linguagem violenta contra a equipe da empresa.

O anúncio na íntegra dizia:

“Olá. Aqui é a Blockberry Creative.

Estamos divulgando uma declaração para notificar os fãs que decidimos que nossa artista Chuu será expulsa e retirada do LOONA a partir de 25 de novembro de 2022.

Houveram muitas especulações sobre Chuu neste ano, mas a agência e as integrantes do LOONA não divulgaram nenhuma declaração para não atrapalhar o crescimento do grupo ou causar preocupação aos fãs.

Com o afeto das integrantes do LOONA pelo time e consideração pelos seus fãs, ao invés de dizer se isso era ou não verdade, elas tentaram expressar seus sentimentos colocando seus esforços nas apresentações e conteúdos.

Porém, após sermos informados sobre a linguagem violenta e abuso de poder de Chuu contra nossos funcionários, a verdade foi descoberta após investigação. Os representantes da agência estão se desculpando e confortando os funcionários e decidimos tomar total responsabilidade por isso e remover Chuu do LOONA.

Primeiramente, pedimos desculpas oficialmente aos funcionários que foram machucados por esse incidente e concentraremos todos os nossos esforços para que possam se curar e focar no tratamento para retornar às suas vidas normais.

Pedimos desculpas aos fãs que amaram e apoiaram o LOONA até agora e pedimos seu perdão por não conseguirmos manter as 12 integrantes juntas até o fim.

A agência e o LOONA retornarão às raízes e trabalharão o máximo possível para que um incidente assim não ocorra novamente custe o que custar. As integrantes do LOONA não trabalharam apenas para seus ganhos pessoais e sabem o que os fãs as deram para que chegassem a esse ponto. Então elas não fizeram nada para causar problemas ao time. Elas trabalharão até o fim e retribuirão o amor de todos que apoiam o LOONA.

Além disso, a agência e as integrantes do LOONA agirão com respeito e gratidão com todos os funcionários que trabalham conosco. A agência fará todo o possível para retribuir os sacrifícios e devoção dos funcionários para que algo assim nunca se repita. Mais uma vez, curvamos nossas cabeças em pedido de desculpas para os funcionários envolvidos e por causarmos problemas com este incidente.”

BlockBerry Creative no fancafe do grupo

Após a publicação, os fãs passaram a cobrar provas das ações e da investigação interna feita pela empresa. Ao mesmo tempo, profissionais da indústria começaram a apoiar Chuu, dando relatos da personalidade e ações da artista com a equipe. Algumas integrantes do grupo também manifestaram certo apoio, em aplicativos de mensagens privados.


28 de novembro de 2022 – BBC se manifesta sobre cobrança de evidências e a primeira declaração de Chuu sobre a situação + Rumores de novos processos

Após pressão do público, a BBC se pronunciou sobre a expulsão de Chuu. Na declaração a empresa afirma que o anúncio não foi feito com o objetivo de difamar ou prejudicar a reputação da artista. E também afirma que qualquer exposição de provas sobre os fatos ocorridos só aconteceriam com a permissão da cantora e do funcionário envolvido.

Chuu se pronunciou pelo seu perfl no Instagram pessoal, afirmando não ter sido contatada sobre a situação e não saber sobre ela. Também escreveu que tem certeza de não ter feito nada de errado ou vergonhoso para os fãs. Finalizou agradecendo o apoio e garantindo que divulgaria outra declaração quando tivesse uma posição oficial.

Créditos: Instagram @chuuo3o

Leia mais:
Blockberry Creative e Chuu (ex-LOONA) lançam declarações após expulsão

No mesmo dia, a equipe de jornalismo de entretenimento da emissora JTBC reportou que 9 das 11 integrantes remanescentes no LOONA entraram com um processo pedindo a suspensão da validade dos contratos de exclusividade com a agência. As integrantes seriam HeeJin, HaSeul, YeoJin, Kim Lip, JinSoul, Choerry, Yves, Go Won e Olivia Hye

Procurada pelos repórteres, a BBC declarou que os rumores são falsos.


05 de dezembro de 2022 – A criação do LOONA UNION: o sindicato dos fãs

Descontentes com o posicionamento e falta de transparência da agência com os fãs, grupos de fãs organizados na Coreia e no exterior se reuniram para resistir às ações em andamento.

No dia 29 de novembro criaram um formulário em coreano, com tradução para inglês e espanhol, onde definiram as demandas do grupo e as ações da luta. A partir dessa pesquisa foi criado o LOONA UNION, um sindicato de Orbits ao redor do mundo, e publicada uma declaração oficial com os objetivos e perguntas direcionadas à agência.

Sobre os objetivos do sindicato, anunciaram:

Apoio total às 12 integrantes do LOONA durante os processos de suspensão dos contratos com a BBC;

A continuação das atividades do grupo no futuro;

Determinar a direção de uma resposta unificada dos Orbits.

Na publicação também exigiram da BBC uma resposta oficial sobre:

A exposição da integrante Chuu;

O tratamento injusto das integrantes do LOONA durante a turnê mundial;

O (suposto) conflito legal que envolve as integrantes do grupo.

A declaração ainda afirma que caso a agência não respondesse aos questionamentos até o dia 07 de dezembro, ou se a resposta não fosse satisfatória, seria instituído um boicote a todos os produtos oficiais e ao conteúdo do grupo no app SuperStar LOONA.

Versão em inglês do pronunciamento
Créditos: @unionloona

07 de dezembro de 2022 – Início da ação unificada dos Orbits

Com a falta de resposta da agência, o LOONA UNION anunciou o início do boicote e as ações de luta:

Não comprar pacotes especiais como Season’s Greetings, Orbit Fanclub etc.;

Não comprar produtos promocionais em geral;

Não comprar álbuns na forma física ou digital;

Não assistir comerciais ou comprar itens no Superstar LOONA;

Boicote total ao aplicativo Superstar LOONA;

Não comprar pontos ou assistir anúncios no aplicativo FAB;

Não comprar ingressos para eventos pagos;

Não assistir conteúdos publicados pela BlockBerry Creative;

Deixar de seguir as contas oficiais da BlockBerry Creative.

Todas as ações tiveram aprovação de mais de 50% dos fãs, de acordo com o questionário respondido pelos fãs. Medidas com aprovação menor que essa porcentagem foram desconsideradas.

O LOONA UNION também afirma que todas as medidas estão ativas até que a BBC se retrate em relação à expulsão de Chuu, se desculpe pelos maus tratos e dê às integrantes a possibilidade de terminar os contratos exclusivos.

Pronunciamento do LOONA UNION
Créditos: @unionloona

11 de dezembro de 2022 – Anúncio do Comeback

Após rumores de um comeback coreano do grupo, a agência confirmou que o retorno do LOONA acontecerá em 03 de janeiro de 2022. O The Origin Album [0] será um mini álbum e está incluído nas ações de boicote dos fãs.

Foram criadas páginas de reportagem para que os Orbits consigam acompanhar o lançamento sem engajar as publicações oficiais da BBC. Além disso, lojas de artigos de K-pop estão aderindo ao boicote, se recusando a disponibilizar o álbum para venda.


14 de dezembro de 2022 – Os primeiros resultados do boicote

Com a ação unificada, é esperado uma queda nas vendas e visualizações dos conteúdos do LOONA.

Um dado interessante é o número de vendas na Ktown4U, onde é possível ver as vendas em tempo real. O álbum anterior, Flip That, vendeu mais de 5 mil unidades nas primeiras 20 horas de pré-venda. Agora, com o The Origin Album: [0], no mesmo período, o número de álbuns vendidos foi 93.

Até o dia desta publicação (19) este número chegou a 239.

Anúncio do The Origin Album [0] no Ktown4u
Créditos: Revista KoreaIN

16 de dezembro de 2022 – BlockBerry Creative anuncia planos para o comeback

A BBC relatou que o LOONA não terá showcases para imprensa ou fãs no lançamento de The Origin Album [0], mas que estão discutindo a realização de uma transmissão ao vivo com as integrantes.

No dia 18 de dezembro a empresa também anunciou que o grupo fará um show da turnê LOONATHEWORLD no Japão em março de 2023.

Leia mais:
Dispatch revela mais detalhes da briga entre Chuu (ex-LOONA) e a BlockBerry Creative

Fonte: (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7), (8), (9), (10)
Imagens: BlockBerry Creative, Instiz, unionloona, @chuuo3o e KoreaIN
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Daniele Fernandes

    Jornalista, Escorpiana, 25 anos. poucas palavras

    7 K-dramas Enemies to Lovers Thai Dramas com First e Khaotung Melhores lugares para se viver na Coreia do Sul Novos K-dramas originais da NETFLIX para 2023 K-Dramas de 2022 que você talvez tenha perdido