Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Cotidiano

Suposto incêndio criminoso deixa 7 mortos e 50 feridos em Daegu

Um incêndio em um prédio na cidade de Daegu deixou 7 mortos e 50 feridos nesta quinta (06). Autoridades suspeitam que a causa tenha sido criminosa e o suspeito de começar o fogo no local foi uma das vítimas fatais.

O fogo começou no segundo andar do prédio, localizado no bairro Soosung-gu, por volta das 10:55. As autoridades demoraram 20 minutos para controlar as chamas e 160 bombeiros em 64 caminhões foram enviados para a operação. As causas do incêndio estão sendo investigadas e testemunhas relataram terem ouvido explosões no local. Os feridos foram levados ao hospital com queimaduras e ferimentos por terem aspirado fumaça.

As identidades das vítimas fatais não foram reveladas, mas a polícia divulgou que uma delas era um advogado e cinco funcionários do escritório de advocacia. A sétima e última vítima, um homem de cerca de 50 anos, foi apontado como o principal suspeito.

Investigadores já conseguiram imagens das câmeras de segurança próximas ao local como evidência. Nos registros, é possível ver o suspeito entrando no prédio com um objeto não identificado. Policiais acham que pode se tratar de um objeto inflamável que ele usou para iniciar o fogo. O suspeito estaria frustrado por ter perdido um processo para recuperar o dinheiro investido no projeto de um prédio comercial e residencial que seria construído na cidade.

O prédio é quase todo ocupado por escritórios de advocacia e a veículos de imprensa locais reportaram que o incêndio pode estar ligado à uma disputa legal. Um caso semelhante aconteceu em agosto de 2014 na capital Seul quando um homem ateou fogo no escritório do seu advogado após acusá-lo de não cuidar bem do seu caso.

O Ministro do Interior Lee Sang-min ligou para as equipes para que se concentrem nos esforços de resposta e pediu às autoridades locais para darem apoio às famílias dos mortos e dos feridos.

Fonte: (1), (2)
Imagem: Yonhap
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Greyce Oliveira

    Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

    5 K-Dramas com Kim Min Kyu Artistas do k-pop que não nasceram na Coreia Faixas do K-pop que destroem os haters Locais de filmagem do K-Drama My Liberation Notes Filmes com a Tokyo de La Casa de Papel Coreia