Entrevistas

[ENTREVISTA] BamBam conta sobre debut solo, apoio do GOT7 e vontade imensa de visitar o Brasil

BamBam inicia um novo capítulo de sua vida ao lançar seu primeiro solo oficial. O artista deixou a Tailândia com apenas 13 anos, com o sonho de se tornar ídolo na Coreia do Sul. Mais de 10 anos depois, o jovem se tornou dono de uma carreira consolidada e membro de um dos grupos de K-POP mais amados dentro e fora da Coreia, o GOT7. Agora, aos 24 anos, ele se desafia novamente: dessa vez para “mostrar uma versão ainda melhor” de si próprio.

O mini-álbum riBBon – bem como o MV do single homônimo – foi revelado nesta terça (15) e tem o toque pessoal de BamBam em todos os detalhes. “riBBon” evidencia de forma espetacular as maiores particularidades do cantor: seu carisma animado, estética elegante, paixão pela moda e personalidade intensa. Apesar das ansiedades e esforços envolvidos nessa nova fase, BamBam reflete seu jeito vibrante pelo qual sempre foi conhecido por seus amados fãs: “Quero ter o máximo de diversão e empolgação possível” – contou com exclusividade à KoreaIN.

Essa combinação do que é o BamBam e de novas expectativas para esse “renascimento” – segundo ele mesmo – encantou o público, e em poucas horas alcançou o topo das paradas musicais coreanas e internacionais.

Para comemorar o lançamento, conversamos com o artista sobre o processo de criação para esse álbum, amizade com os colegas do GOT7 e claro, sobre a enorme paixão que os fãs brasileiros demonstram à ele nas redes sociais. Confira abaixo a entrevista exclusiva para a KoreaIN.

Assista ao MV de riBBon:


CLICK HERE TO READ THE INTERVIEW IN ENGLISH

KoreaIN: Como você está esses dias?
BamBam: Estou me esforçando bastante. Tudo está divertido e empolgante durante estes dias!

KoreaIN: Você agora está trilhando um novo caminho com o seu debut solo. Como se sente?
BamBam: Estou preocupado, mas tento não me sentir pressionado. Quero ter o máximo de diversão e empolgação possível.

KoreaIN: Seu primeiro mini álbum – riBBon – tem uma estética sonhadora e artística. Como foi o processo criativo por trás disso e qual mensagem você quis transmitir com este primeiro single solo?
BamBam: O tema de renascimento era algo que eu sempre quis fazer se tivesse um álbum solo. Acho que a pronúncia do termo em inglês “reborn” (renascimento, em tradução livre para o português) e “ribbon” é a mesma, então é ainda mais divertido. Ele contem uma mensagem de esperança, um “eu” melhor.

KoreaIN: Quais tipos de ritmos e conceitos você gostaria de incorporar em seus futuros projetos?
BamBam: Existem muitos… mas se eu tivesse que escolher um, gostaria de tentar hip-hop latino.

KoreaIN: Todos os membros do GOT7 estão atualmente trabalhando em atividades solos. Como vocês apoiam os projetos individuais de cada um hoje em dia?
BamBam: Nós temos um grupo de bate-papo! Estamos sempre monitorando o trabalho de todos por lá e torcemos uns pelos outros! Os grupos de conversa do GOT7 são sempre barulhentos.




Quando pensar em BamBam, aumenta o som!

BamBam para a Revista KoreaIN (2021)

KoreaIN: Você foi um dos primeiros idols de k-pop tailandês e, graças a isso, muitos fãs também criaram interesse em seu país. Como foi para você? Que tipo de desafio você teve enquanto buscava sua carreira na Coreia?
BamBam: Não foi tão difícil quanto eu pensava! Foi mais difícil me mudar para a Coreia muito novo do que a parte cultural em si.

KoreaIN: Como o solista BamBam, que tipo de artista pelo qual você quer ser lembrado? Quais tipos de pensamentos você quer que venham às mentes das pessoas quando escutam falar de você?
BamBam: Cheio de energia! Quando pensar em BamBam, aumenta o som!

KoreaIN: Também vemos que você é muito interessado em moda. Você tem algum plano de tentar outros projetos além de cantar? Talvez na indústria da moda ou em outro tipo de entretenimento.
BamBam: Se eu tiver chance, com certeza! Eu gosto muito! Quando você folhear o álbum, poderá ver muitos figurinos diferentes.



KoreaIN: Em 1º de abril, os fãs ficaram muito animados com a sua “turnê mundial” de mentirinha. Vimos que os brasileiros são muito ativos nas suas redes sociais e sempre pedem para você vir para cá. Podemos esperar uma visita no futuro?
BamBam: Eu quero muito muito muito ir para o Brasil. E definitivamente vou! Podem esperar ansiosamente.

KoreaIN: Por fim, você pode mandar uma mensagem para os fãs brasileiros que estão lendo esta entrevista?
BamBam: Eu sei o quanto vocês querem nos ver pessoalmente! Mas quero que saibam que também quero muito ir ao Brasil. Prometo que vou até vocês. Farei shows no Brasil. Não deixarei as IGOT7 brasileiras esperando para sempre. Amo vocês.


Além da entrevista, BamBam também deixou uma mensagem em vídeo reforçando ainda mais a promessa.
Confira:


Por Carol Akioka e Greyce Oliveira
Imagens: ABBYS Company (divulgação)
Não retirar sem os devidos créditos.

Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

Você também pode gostar...